Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Projeto do Núcleo Regional do CETEM fica em primeiro lugar em Edital da FAPES
Início do conteúdo da página

Projeto do Núcleo Regional do CETEM fica em primeiro lugar em Edital da FAPES

Publicado: Terça, 08 de Janeiro de 2019, 08h37 | Última atualização em Terça, 09 de Abril de 2019, 16h13 | Acessos: 283

A prioridade é o desenvolvimento das rochas aglomeradas com resíduo que resultará na redução do consumo de matérias-primas naturais, diminuindo assim o impacto ambiental.

O projeto do NRES CETEM “Desenvolvimento de norma para rochas artificiais e vidros utilizando resíduos do processamento de rochas ornamentais”, coordenado pela pesquisadora Monica Castoldi Borlini Gadioli, ficou em primeiro lugar no edital FAPES/SEP nº 20/2018 - PPE Gestão e Competitividade - Tema 2 - Desenvolvimento da indústria do Espírito Santo. O valor aprovado  foi  de R$ 133.200,00.

Foto da pesquisadora Monica Castoldi Borlini Gadioli (à direita) sendo homenageada com o Destaque em Menção Honrosa na 15ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, em Vila Velha, Espírito Santo.
Foto da pesquisadora Monica Castoldi Borlini Gadioli (à direita) sendo homenageada com o Destaque em Menção Honrosa na 15ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, em Vila Velha, Espírito Santo.

O projeto tem como objetivo desenvolver a metodologia brasileira de ensaios de caracterização tecnológica para as rochas aglomeradas artificiais produzidas com resíduo de rochas ornamentais e verificar a viabilidade técnica da utilização de diversos tipos de resíduos de rochas ornamentais (variabilidade dos resíduos) para preparação de vidros, visando à normatização do uso do resíduo.

 Esse trabalho tem o intuito de contribuir para a normatização da utilização desses resíduos, que atualmente, são descartados em aterros, e colaborar tanto com o setor produtivo de rochas ornamentais, quanto com o setor da construção civil, onde poderão ser inseridos novos produtos com a utilização dos resíduos de rochas (eco produtos) e redução de consumo de matérias-primas naturais e, consequentemente, diminuição do impacto ambiental. 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página