Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Programas e Projetos > Projetos Internos > PROTERRARAS: PD&I em tecnologia de processos para a obtenção de compostos de terras-raras
Início do conteúdo da página

PROTERRARAS: PD&I em tecnologia de processos para a obtenção de compostos de terras-raras

Publicado em Segunda, 29 de Janeiro de 2018, 00h00 | por Super User | Acessos: 322

Pesquisadora responsável: Marisa Nascimento
Patrocínio: CT-Mineral (CNPq)
Período: agosto/2013 a novembro/2017

Nos últimos anos, os elementos de terras-raras assumiram um papel crescente no cenário mundial, principalmente pelo domínio do mercado pela China e sua política de quotas de exportação. Esse domínio é função de uma grande produção e da política de preços que levou à uma dependência mundial de fornecimento.

No Brasil, a tecnologia para processamento de ETR para a produção de compostos, metais ou ligas, parcialmente desenvolvida no passado e disponível no Brasil, necessitou ser retomada, atualizada e ampliada para incluir novas fontes minerais e novas tecnologias. Tornou-se, portanto, imprescindível para o Brasil o investimento na formação de recursos humanos e na capacitação e modernização laboratorial e piloto, de forma a permitir a retomada das pesquisas.

Vários estudos indicaram que são poucas as instituições científicas e tecnológicas com capacidade e competência para trabalhar em P,D&I na temática que envolve a produção de compostos de ETR a partir de minerais. Entre essas ICT´s, a que mostrou maior potencial para a retomada dessas atividades foi o CETEM.

Por essa razão se justificou a realização de uma encomenda vertical do CT-Mineral em 2012, que teve finalidade foi contribuir para o domínio tecnológico da produção de ETR.Essa encomenda então, culminou no projeto: PROTERRARAS - PD&I em tecnologia de processos para a obtenção de compostos de terras-raras.

A produção de ETR é uma das etapas indispensáveis para implantação e desenvolvimento da cadeia produtiva de ETR no País.

O PROTERRARAS fomentou entre os anos de 2013 e 2017 ações de PD&I, sempre para fontes minerais brasileiras de ETR, pelo CETEM, em:

  • Caracterização tecnológica
  • Análises químicas e mineralógicas de minérios
  • Processos de beneficiamento mineral
  • Processos em metalurgia extrativa
  • Aproveitamento de fontes secundárias (resíduos e/ou rejeitos industriais)

Deve-se ressaltar que as amostras estudadas foram originárias de depósitos poliminerálicos, onde o desafio estava na possibilidade de recuperação dos ETR como subproduto ou coproduto de outras indústrias minerais tais como nióbio, estanho e fosfatos. O projeto foi idealizado tendo como princípio que empresas brasileiras não seriam apenas exportadoras de concentrados minerais, incentivando o aproveitamento integral do depósito/jazida.

O CETEM contribuiu nas temáticas com os estudos técnicos e na formação de recursos humanos tão importantes que podem vir a colaborar na nova cadeia produtiva brasileira para esses elementos. Tais fatos podem inclusive, no futuro, contribuir para a viabilização de outras jazidas.

Fim do conteúdo da página