Apresentação



A linha de pesquisa RESÍDUOS: TECNOLOGIAS E SUSTENTABILIDADE, iniciada em 2011, refere-se às operações de mineração pretéritas, à lavra predatória, à extração mineral clandestina e aos garimpos ilegais que deixaram passivos que impactaram negativamente o homem e o ambiente e continuam a impactar até os dias de hoje.

Financiado pelo MCTI (Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação) e sob a coordenação do CETEM (Centro de Tecnologia Mineral), é iniciada essa inovadora linha de pesquisa visando a participação ativa de pesquisadores renomados pertencentes às diversas instituições de pesquisa e universidades.

Nesta linha de pesquisa já foram realizados dois eventos. O primeiro foi o Seminário de Resíduos: tecnologias e sustentabilidade sediado no Cetem no dia 13 de junho de 2011. Contou com a participação de diversos pesquisadores do Cetem, além dos pesquisadores internacionais Dr. Carlos A. V. Costa e Dr. Manuel F. Almeida. A continuação deste seminário foi em Brasília no auditório do Ministério de Minas e Energia (MME) no dia 29 de dezembro de 2011. Teve a participação de diferentes instituições como: UFBa, Unicamp, DNPM e IPEA. Entre os temas abordados, foi destaque a contaminação por chumbo em Santo Amaro (BA) que se desdobra até os dias de hoje.

Atualmente tem sido realizado o projeto piloto de Santo Amaro. O município abrigou a empresa Plumbum Mineração e Metalurgia Ltda. (inicialmente COBRAC - Companhia Brasileira de Chumbo) no período de 1960 á 1993. Atualmente 490.000t de resíduo sólido estão depositados na forma de escória contaminada com metais pesados no pátio da empresa. Mais informações sobre o projeto podem ser encontradas na Aba Santo Amaro.