Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Projetos Financiados por Agências e/ou Recursos Públicos > Desenvolvimento de circuito de beneficiamento e avaliação da solubilidade dos minerais apatita e calcita do minério fósforo-uranífero de Santa Quitéria (CE) na flotação com o uso de gás carbônico
Início do conteúdo da página

Desenvolvimento de circuito de beneficiamento e avaliação da solubilidade dos minerais apatita e calcita do minério fósforo-uranífero de Santa Quitéria (CE) na flotação com o uso de gás carbônico

Publicado em Segunda, 07 de Janeiro de 2019, 00h00 | Atualizado em Sexta, 27 de Março de 2020, 10h50 | por Super User | Acessos: 694

Pesquisador responsável: Elves Matiolo
Patrocínio: CNPq (Universal)
Prazo: novembro/2018 a dezembro/2020
Valor financiado: R$ 23.158,00

O objetivo geral deste projeto de pesquisa é o de avaliar, em escala de bancada e piloto, o processo baseado na flotação de calcita através da injeção de bolhas de CO2 nas máquinas de flotação associada ao uso ácido graxo de côco saponificado como coletor seguido da flotação de apatita utilizando coletor do tipo sulfosuccinato e fubá de milho gelatinizado como depressor em uma amostra de minério ROM do depósito de Santa Quitéria. Pretende-se com esse conceito de processo alcançar os mesmos resultados metalúrgicos (teor e recuperação de P2O5) aos obtidos aplicando-se a tecnologia de flotação desenvolvida no CDTN, que envolve a aplicação de ácidos inorgânicos fortes (H2SO4 e H3PO4) como depressores de apatita. Além disso, será avaliada a solubilidade dos minerais apatita e calcita durante o processo de flotação com o uso de gás carbônico de forma comparativa ao processo convencional através da determinação da concentração de íons Ca2+ e PO42- na água residual de processo. A avaliação da disponibilização desses íons em função do processo de flotação aplicado também servirá de subsídio para tomada de decisão da tecnologia mais adequada para aplicação em escala industrial.

Fim do conteúdo da página